Anúncios

O Pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso aprovou na sexta-feira (11) a realização da revisão do eleitorado em 26 municípios do Estado, no período de 3 de dezembro deste ano a 29 de março de 2019.

Com a medida, a Justiça Eleitoral quer elevar consideravelmente o percentual de eleitores cadastrados biometricamente no Estado, que atualmente é de 48,11%.

A revisão acontecerá nos seguintes municípios: Tangará da Serra, Cáceres, Sorriso, Barra do Garças, , Barra do Bugres, Colíder, Campo Novo do Parecis, Guarantã do Norte, Mirassol D’Oeste, , Água Boa, Diamantino, Nova Xavantino, Canarana, Sapezal, , Poxoréu, Pedra Preta, Alto , , São José do Rio Claro, Guiratinga, , Cláudio e Vera.

“Dos 2.313.373 eleitores de Mato Grosso, 1.113.023 já fizeram o , o que corresponde a 48,11%. Nesse contexto, por certo temos que avançar em relação a tais índices, já que a meta do TSE é atingir 100% do eleitorado brasileiro no máximo até o ano de 2022.

Há necessidade de termos metas atingíveis e planejamentos bem elaborados, considerando, especialmente, a complexidade dos trabalhos a serem realizados no ”, destacou o corregedor regional eleitoral de Mato Grosso, desembargador Pedro Sakamoto.

O cadastramento biométrico nos 26 municípios contemplados começará de forma ordinária (sem obrigatoriedade) a partir do dia 5 de novembro deste ano. Já a revisão com coleta de dados biométricos, cujo comparecimento do eleitor é obrigatório, só terá início a partir do dia 5 de dezembro.

“A partir de 5 de dezembro deste ano, após a chamada reabertura do cadastro eleitoral, serão iniciados os atendimentos aos eleitores de forma ordinária em todos os municípios indicados, dando-se ampla divulgação, com tempo suficiente para o cartório eleitoral melhor se planejar”, destacou o corregedor, que ainda orientou os juízes eleitorais dos municípios contemplados a adotarem algumas medidas visando o pleno êxito dos trabalhos revisionais.

“Que firmem parcerias com os órgãos e instituições locais, em relação à cedência de servidores e funcionários; à instalação de eventuais novos postos de atendimento e à ampla divulgação a ser veiculada, com o incondicional apoio e suporte técnico do Tribunal”.

A realização das revisões está autorizada pela Resolução nº 2128/2018 aprovada pelo Pleno do TRE na sessão plenária desta sexta-feira (11). De acordo com o normativo, as revisões terão início no dia 03 de dezembro deste ano e serão encerradas até 29 de março de 2019.

Ainda de acordo com a Resolução, o Juiz Eleitoral de cada município contemplado poderá estabelecer um prazo menor para a realização da revisão, de acordo com as particularidades de sua circunscrição.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.