Um homem investigado por ter furtado cabos de telefonia e ter deixado mais de mil pessoas sem internet foi preso em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá. A prisão de Tadeu de Oliveira Lopes, de 35 anos, foi feita no domingo (27) e divulgada nessa segunda-feira (28).

Segundo a Polícia Civil, o furto dos equipamentos de uma empresa de telefonia deixou mais de mil pessoas sem internet na região do Bairro Vila Operária, em Rondonópolis.

A Polícia Civil não informou se ele negou ou confessou o crime.

Reincidente nesse tipo de crime, Tadeu foi preso em flagrante pelo crime de furto qualificado. As investigações começaram depois que a Polícia Civil foi comunicada sobre o furto de cabos telefônicos da Empresa Oi, ocorrido em diversos pontos da cidade.

Durante investigação, os policiais civis localizaram parte dos cabos telefônicos queimados em frente à residência do suspeito, o qual já havia sido detido há cerca de um ano pelo mesmo tipo de crime.

No mesmo local foram apreendidas as capas de alumínio que envolviam os fios de cobre. Tadeu foi conduzido à delegacia, onde foi interrogado pelo delegado e autuado pelo crime de furto qualificado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.