Anúncios

Uma morreu nessa terça-feira (22) em Primavera do Leste, a 239 km de Cuiabá, um dia depois de passar mal e dar entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município. Segundo a , a causa da morte da professora Liane Antônia Klein Rezende ainda está sendo investigada e a hipótese de H1N1 não é descartada.

Liane Antônia Klein Rezende, de 48 anos, era professora da rede municipal (: / Reprodução)

A secretaria informou que foi coletado o material para exames necessários, seguindo recomendação do Ministério da Saúde. O mesmo material foi encaminhado para o Laboratório Público de Mato Grosso, em Cuiabá, e o resultado deve sair em um mês.

A professora deu entrada na UPA no início da tarde de segunda-feira (21) e morreu na terça-feira, às 20h55.

A Prefeitura de Primavera do Leste emitiu uma nota lamentando a morte da professora, que trabalhava na Escola Municipal de Leandro Vieira Gomes, no Bairro Cristo Rei.

Liane era formada em , matemática e tinha em gestão escolar. Atuava como servidora pública municipal desde março de 2016 e fazia parte do Conselho Deliberativo da Comunidade Escolar (CDCE).

Na nota, a prefeitura diz que a morte se deu em decorrência de uma infecção generalizada.

Liane era casada e deixa um casal de filhos e um neto.

O corpo da professora está sendo velado na Funerária Primavera. O enterro está marcado para as 17h desta quarta-feira (23), no cemitério Parque da Paz, na cidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.