Anúncios

Um professor da língua inglesa, de 44 anos, foi preso em flagrante na manhã desta quinta-feira (17), em Barra do Garças ( a 516 quilômetros de Cuiabá), por armazenar e transmitir imagens de conteúdo pornográfico infantil. A prisão de A.C.N., que é bastante conhecido na região, faz parte da operação ‘Luz da Infância II’, do Ministério Extraordinário da Pública (MESP), que tem como objetivo cumprir dez mandados de busca e apreensão  em várias cidades do Estado.

Foto: Rogério Florentino

A ordem judicial cumprida pela Polícia Civil aconteceu no inicio da manhã. Na casa do professor, os policiais apreenderam um computador que foi encaminhado para o trabalho pericial da Perícia Técnica (Politec).

As cidades de Cuiabá, , Sorriso, Alto Garças também são alvos da operação. As identificações foram feitas pela Diretoria de Inteligência da Secretaria Nacional de e repassados à Diretoria da Polícia Civil, por meio da Gerência de Combate aos Crimes de Alta (Gecat), que representou judicialmente pelos mandados, com base em elementos coletados em ambientes virtuais referentes à pornografia infantil.

Os são realizados em conjunto pela Gecat, Delegacia Especializada de Defesa da Criança e Adolescente de Cuiabá (Deddica), Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande, além de unidades dos municípios do interior.

Nacionalmente, a operação havia prendido mais de 100 pessoas até as 8h40 desta quinta-feira. No país todo, são 578 mandados de busca e apreensão, cumpridos em Mato Grosso e outros 23 Estados, além do Distrito Federal.

Entre os conteúdos apreendidos estão arquivos com conteúdos relacionados a crimes de exploração sexual contra e adolescentes. Quando há o flagrante, os policiais dão voz de prisão aos acusados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.