Anúncios

O Bairro Pedra 90 é o bairro com mais incidência de , segundo dados de 2017 da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher (DEDM), divulgados em um anuário na quinta-feira (3). Ao todo, o bairro registrou 87 ocorrências envolvendo violência contra a mulher.

Em seguida, completando o ranking, aparecem os bairros: Dom Aquino (79), CPA III (51), Tijucal (46) e Centro Norte (43).

Fonte: DEDM/-MT

Ao todo, mais de 2,7 mil mulheres foram atendidas na Delegacia Especializada de Defesa da Mulher (DEDM) em Cuiabá durante todo o ano de 2017.

Fonte: DEDM/Polícia Civil-MT

O levantamento mostra que a maioria das vítimas compatilha de um mesmo perfil: são solteiras (1.076), pardas (835), com idade entre 27 e 40 anos (1.090), desempregadas (196) ou do lar (196) e sofreram violência praticada pelo convivente ou ex-companheiro (1.071).

Quando analisado o estado civil das vítimas, verifica-se que logo atrás das solteiras, aparecem as mulheres casadas (499) e conviventes (449).

O estudo também apontou que os dias de semana com maior incidência de casos de violência doméstica contra a mulher em Cuiabá são domingo (381) e quarta-feira (378).

A faixa horária em que os atos de violência predominam também chama a atenção: das 18h às 23h59, em 718 dos casos registrados, e das 12h às 17h59, em 645 das ocorrências.

O levantamento aponta que as solteiras lideram o ranking porque “vivenciavam situação de convivência com os autores do fato e, ao decidirem quebrar este ciclo de violência, não necessitam da efetiva separação judicial”, já se declarando como solteiras no momento do registro da ocorrência.

Quanto à faixa etária das vítimas, também destacam-se mulheres com idades entre 41 e 65 anos (812) e entre 19 e 26 anos (511).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.