Anúncios

O ex-deputado estadual Hermínio J. Barreto (PR) morreu num acidente no início da noite desta quarta-feira (9) na rodovia , entre Jaciara e Cuiabá.

Duas mortes confirmadas, J. Barreto e seu cunhado conhecido como Ita. Também teve três feridos e seis pessoas ilesas.

A colisão que matou Barreto envolveu uma carreta que estava sem freio. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o acidente teve a participação de nove veículos.

Eram três carretas, sendo duas carregadas com soja e uma com óleo vegetal, três veículos utilitários e outros três carros de passeio. Além das duas mortes, três pessoas ficaram feridas e outras seis saíram ilesas do acidente.

A concessionária Rota do Oeste presta atendimento no local do acidente, sendo a responsável por encaminhar os feridos ao Hospital de Jaciara. A pista está interditada para os trabalhos periciais.

Nesta quarta-feira, o ex-deputado esteve na Assembleia Legislativa. Ele se reuniu com o presidente da Casa, deputado Eduardo Botelho (DEM) e com o primeiro-secretário, deputado Guilherme Maluf (PSDB).

Ele retornava para Rondonópolis. O corpo dele e cunhado já foram retirados das ferragens e encaminhados ao Instituto Médico Legal.

HISTÓRICO

Hermínio J. Barreto é um político tradicional em Mato Grosso. Fiscal da Secretaria de Fazenda, milita na desde a década de 80.

Foi prefeito de Rondonópolis entre 1989 e 1992 e deputado estadual por vários mandatos. Em 2014, tentou se eleger deputado federal, mas ficou na primeira-suplência, ao receber cerca de 50 mil votos.

Também atuou como radialista esportivo na cidade de Rondonópolis, onde tinha base eleitoral. Ele foi um dos parlamentares da legislatura gravados pelo ex-governador (sem partido) supostamente recebendo propina no .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.