Anúncios

As vendas de veículos zero quilômetro fecharam o primeiro trimestre do ano com crescimento de 24,91%, em , em comparação com o mesmo período do ano passado. Conforme dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), de janeiro a março as concessionárias do Estado venderam 20.936 unidades contra 16.761 em igual acumulado do ano passado. Março se tornou o melhor momento de vendas do ano, no Estado.

Os dados divulgados ontem mostram ainda que o ano de 2018 vai começando bem para esse segmento do varejo estadual, que havia fechado 2017 com retração de 2,16%. O crescimento desse primeiro trimestre revela que o mercado estadual teve melhor desempenho em relação ao nacional, já que conforme a Fenabrave a expansão nacional foi de 12,09% no mesmo período.

Os resultados de março mostram ainda que depois de muitos anos, as vendas/emplacamentos de veículos no Estado tiveram números positivos em todos os comparativos. Além da expansão anual na comparação dos primeiros trimestres, o saldo de comercialização cresceu 12,98% na comparação anual, março contra março, de 6.585 unidades para 7.440. Há ganhos ainda na comparação mensal, na passagem de fevereiro para março o volume de unidades comercializadas passou de 6.390 para atuais 7.440, alta de 16,43%.

Em janeiro, foram comercializadas 7.106 unidades, em fevereiro, outras 6.390 e em março, 7.440.

Para o da Fenabrave, Alarico Assumpção Júnior, o ritmo das vendas no primeiro trimestre deste ano reflete a recuperação econômica e a consequente elevação do nível de confiança do consumidor. “Iniciamos 2018 com expectativas de crescimento para todos os segmentos que representamos. Já no primeiro trimestre do ano, pudemos notar a reação do mercado e as expectativas renovadas em função da melhora dos índices econômicos. Este cenário positivo favorece o mercado de veículos no geral. Continuamos otimistas e acreditando que 2018 será um ano mais positivo para o setor do que foram os últimos anos”.

Das mais de 20.936 unidades comercializadas no primeiro trimestre, comerciais leves e auto correspondem a 47,95% desse total. Por segmentos, os destaques em expansão foram auto (+16,45%), comercial leve (+35,03%), caminhão (+95,78%) e moto (+19,12%).

– Segundo o levantamento da entidade, o Setor da Distribuição de Veículos (automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários e outros veículos) registrou, em março, crescimento de 29,80% nos emplacamentos, em relação a fevereiro, totalizando 298.604 unidades. Já na comparação com o mesmo período de 2017, o avanço foi de 5,66%.

No primeiro trimestre de 2018 o setor acumulou 797.719 unidades emplacadas, o que representa 12,09% a mais que o total do mesmo período do ano passado.

Diante da melhora no cenário econômico brasileiro, refletido no setor da distribuição de veículos, com acentuado crescimento, na maioria dos segmentos, no primeiro trimestre, a Fenabrave revisou as projeções de vendas de veículos para 2018.

Considerando os emplacamentos totais (automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus e motocicletas), a entidade projeta, para este ano, alta de 13%, índice acima da estimativa de 10,3%, divulgada pela entidade em janeiro passado, totalizando 3.521.525 unidades.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.