Anúncios

A de Misericórdia de Cuiabá suspendeu 100% dos atendimentos a pacientes do (SUS) por causa de falta de repasses. Os corredores do hospitais permanecem vazios e o atendimento só deve ser normalizado após os pagamentos. A Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá afirmou que o repasse deve acontecer até sexta-feira (13).

A Santa Casa tem enfrentado dificuldades financeiras, assim como vários hospitais filantrópicos e unidades regionais nos municípios, e o maior problema são as dívidas acumuladas pela falta de repasses. Por causa disso, o atendimento a pacientes SUS foi totalmente suspenso.

: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto

O valor a ser repassado, R$ 10,5 milhões, é oriundo de emenda impositiva da bancada federal de Mato Grosso em Brasília. Na semana passada, durante reunião da bancada com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, ficou decidido que o valor seria repassado esta semana.

A assessoria da Santa Casa afirma que o pagamento ainda não foi feito e os atendimentos só devem ser normalizados após a realização do repasse.

A Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá se reuniu com a direção da Santa Casa, que aceitou realizar a pactuação de metas de produção para o recebimento do recurso, o que significa que o hospital terá uma meta de serviços a serem oferecidos ao município para receber os recursos. A assessoria ainda afirmou que o repasse deve ser feito até a próxima sexta-feira (13).

Leia na íntegra:

A Secretaria Municipal de Saúde reuniu-se com a direção da Santa Casa que aceitou realizar a pactuação das metas de produção para o recebimento do recurso advindo da Emenda Parlamentar, em consonância com a Portaria nº 565 de 9 de março de 2018. A Santa Casa entregou o documento da pactuação na última sexta-feira, 06, para a . No momento a equipe técnica da Secretaria de Saúde está montando o contrato para que seja assinado pelas duas partes. Assim que o documento for assinado, o recurso será repassado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.