Anúncios

O ex-prefeito de , Mauro Mendes (DEM), está pronto para ser o nome da oposição na disputa pelo Governo do Estado nas deste ano. A informação é de um dos principais líderes do Democratas em Mato Grosso, ex-senador .

Segundo Campos, o ex-prefeito comunicou que está a disposição do partido, durante uma reunião na última semana. Ele, inclusive, já estaria articulando a viabilização de sua candidatura.

“Mendes disse que está pronto para luta, está pronto para disputar. Tanto é que, nessa semana, ele já conversou com algumas pessoas da área de marketing, pedindo ponto de vista e proposta”, disse Júlio Campos, durante entrevista ao Jornal do Meio Dia, da TV Vila Real, nesta segunda-feira (9).

Apesar de não haver anúncio oficial, segundo Campos, o projeto em torno de Mendes já conta com o apoio de várias lideranças políticas  e até de um coordenador-geral, que seria o ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, Otaviano Pivetta.

Ele também foi coordenador da campanha vitoriosa do governador Pedro Taques (), em 2015.

“Ele praticamente confirmou  [a candidatura] e está trabalhando nesse sentido. Já tem vários apoiadores e coordenador geral, o ex-prefeito Otaviano Pivetta. Ele já se colocou à disposição para coordenar a campanha”, afirmou.

Para viabilizar o projeto do grupo, um almoço foi realizado nesta segunda com representantes de ao menos 8 partidos políticos que fazem oposição ao governo Taques. Estiveram presentes líderes do DEM, PP, Pros, PSD, PDT, PRB, PCdo B e PTB. “Queremos formar uma grande frente para disputar uma eleição com sucesso”, disse Júlio.

Leia mais – Frustrados com a gestão Taques, 8 partidos se reúnem por projeto de oposição

Questionado sobre a possibilidade de Mendes recuar da pré-candidatura em razão da família, como ocorreu nas eleições de 2016 à Prefeitura de Cuiabá, em que ele desistiu no dia das convenções, Júlio foi taxativo em dizer que o caso está “superado”.

“Ele está liberado e pronto para enfrentar qualquer candidato. Isso está superado. A família já entendeu que ele não pode perder essa oportunidade em que o povo quer ele como candidato”, encerrou.

                   Assista a entrevista no vídeo abaixo

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.