Anúncios

A Justiça de Mato Grosso determinou o bloqueio de R$ 6 milhões da Prefeitura de , a 65 km de Cuiabá, para a contratação imediata de empresa para o fornecimento do transporte escolar no município.

A determinação acata a um pedido feito pelo (MPE) em razão da precariedade do transporte ofertado pela prefeitura às crianças e adolescentes da zona rural.

De acordo com o processo, os estavam sendo transportados em veículos considerados inaptos pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT), colocando em risco a integridade física dos alunos.

 

Pelo menos 2 mil alunos dependem dos ônibus escolares em Chapada (: Benedito Antônio de Oliveira/Arquivo Pessoal)

A vistoria do órgão apontou as péssimas condições mecânicas dos veículos, entre elas: falta de faróis, estepes, espelho, retrovisor, lanternas, pneus, cinto de segurança e outros equipamentos.

‘Percebo, desta forma, que garantir o acesso à educação através do transporte é tão basilar quanto o próprio ensino em si, não havendo como dissociar um serviço público do outro”, diz trecho da decisão.

 

Na quinta-feira (12), studantes e pais protestaram contra falta de estrutura do transporte. Segundo eles, há ocasiões em que os ônibus deixam de circular por falta de combustível.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.