Anúncios

Uma estudante de 19 anos deu à luz dentro de uma caminhonete na madrugada desta terça-feira (3), na BR-163, durante o trajeto ao de Sinop, a 503 km de , onde o parto ocorreria.

Laís Carolina Silva Pereira estava na 40ª semana de gestação dos filhos gêmeos e entrou em trabalho de parto cerca de quatro horas antes do primeiro filho, Heitor, nascer. O gêmeo dele, Lorenzo, nasceu meia hora depois, já no hospital.

Laís Pereira com um dos filhos no colo, após o atendimento no Hospital de Sinop (: Arquivo Pessoal)

O marido dela, Ivanilson Guimarães, de 25 anos, disse que o casal estava na casa deles, no Assentamento Keno, a 35 km de Cláudia, município a 608 km da capital, quando a bolsa de Laís estourou.

“A gente tinha acabado de jantar e ela foi colocar o nosso filho mais velho, Emanuel [de 1 ano e 4 meses] para dormir, por volta das 22h, quando percebeu que havia água no chão. Como ela não sentia dor nem contração, decidimos esperar um pouco”, relatou.

Heitor e Lorenzo nasceram de parto normal e passam bem, segundo os pais (Foto: Arquivo Pessoal)

O casal decidiu entrar em contato com conhecidos em Cláudia, que acionaram a Secretaria Municipal de Saúde. Uma caminhonete da prefeitura foi enviada até o assentamento para buscar o casal e lvá-los para o hospital na cidade.

“Quando chegamos, o constatou que o trabalho de parto já estava avançado e mandou a gente seguir para Sinop com urgência, porque em Cláudia não tem maternidade. O receio era que, por tratar-se de gêmeos, precisasse de uma após o parto”, disse.

Segundo o pai, quando a caminhonete entrou na BR-163, a técnica de enfermagem que os acompanhava pediu ao motorista para encostar o veículo na rodovia, porque um bebê estava nascendo e não havia mais como esperar.

“Logo em seguida, chegaram policias [rodoviários federais] e equipes da [concessionária] Rota do Oeste e dos bombeiros para ajudarem no parto, porque eles já têm treinamento para agir nessas situações. O Heitor foi transferido para a ambulância da concessionária e seguimos logo atrás, até chegar ao hospital”, afirmou.

Gêmeos nasceram na madrugada desta terça-feira (3) (Foto: Rota do Oeste)

Laís, Heitor e Lorenzo passam bem e os gêmeos não precisaram de atendimentos especiais após o parto, segundo o pai. Para a mãe, os dois filhos foram um presente antecipado do aniversário dela, que será comemorado no dia 14 deste mês.

“Ela está muito feliz porque está amamentando, eles não precisaram de UTI, respiram sozinhos desde o parto. Apesar do susto, tivemos toda assistência e ela diz para todos que ganhou um presente”, disse

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.