Anúncios

Supostos integrantes do Comando Vermelho (CV) explodiram o muro da Secretaria de Pública de Mato Grosso (Sesp), na madrugada desta quarta-feira (18), no Centro Político Administrativo (CPA), em . Dois suspeitos em uma motocicleta teriam sido os responsáveis e pixaram a marca da facção criminosa no muro. Havia servidoras das policiais Civil e Militar no local, mas ninguém se feriu.

Conforme as informações da Polícia Miltiar, o fato aconteceu por volta das 04 horas desta madrugada. Acionada a equipe se deslocou para verificar o barulho de explosão que acabara de acontecer nos fundos da secretaria. Quado os PMs chegaram ao local, constaram o fato e ainda encontraram uma pichação do Comando Vermelho (CV).

O Batalhão de Operações Especiais (Bope) também foi acionado para atender a ocorrência. O vigilante de um prédio nas imediações informou que percebeu o momento em que dois homens passaram em uma motocicleta em direção aos fundos da pasta.

Minutos depois, a testemunha afirma ter ouvido o barulho da explosão. Porém, ele não conseguiu identificar as caracteristicas do suspeito e nem da motocicleta. No local estavam servidores das policiais Civil e Militar, que não se feriram na ação dos bandidos.

Pelo menos dez janelas foram quebradas na explosão. Os estilhaços chegaram a 30 metros de altura.

A assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança Pública (Sesp) confirmou a explosão e pichação da sigla do Comando Vermelho no muro. A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) esteve no local e realizou os . Logo depois, a pichação foi apagada.

Ainda segundo a Sesp, a ação dos criminosos aconteceu por retaliação as ações feitas pela secretaria, principalmente contra o crime organizado. “O setor de inteligência já esperava alguma reação da facção criminosa”, diz trecho de uma nota. Uma reunião está marcada para esta manhã no Gabinete de Gestão Integranda (GGI), na sala de crise da pasta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.