Anúncios

Uma cachorra da raça Lhasa Apso foi furtada de uma residência no Bairro Poção, em Cuiabá, e colocada dentro de um saco de lixo por uma morador de rua, na terça-feira (24), conforme denúncia da dona do animal.

Cadela da raça Lhasa Apso foi furtada de dentro de casa (: Marya Eduarda de Cerqueira/ Arquivo pessoal)

O crime foi gravado por câmeras de segurança e o homem chegou a ser detido, mas Luna, como é chamada, não foi recuperada, segundo a moradora Marya Eduarda de Cerqueira.

De acordo com a dona do animal, o homem que cometeu o furto é um morador de rua conhecido na região. Ela disse que ele algumas pessoas o viram oferecendo o animal na região da Praça Ipiranga, no Centro de Cuiabá, por R$ 100.

Segundo Marya, a família está oferecendo recompensa para quem encontrar a cachorra. “Minha filha tem cinco anos e está muito triste. Espero que quem a comprou, a devolva. Vamos pagar por isso”, disse.

Homem foi filmado saindo com cadela dentro de um saco de lixo (Foto: Marya Eduarda de Cerqueira/ Arquivo pessoal)

A casa da família não possui área aberta. No dia do roubo, conforme Marya, o marido colocou a cadela na garagem.

As câmeras de segurança de um vizinho filmaram a ação.

“A Luna foi colocada na garagem para fazer xixi e um rapaz passou e a roubou pela grade, pois o portão estava trancado”, disse.
Marya Eduarda conta que o homem colocou a cachorra dentro de um saco de lixo e tentou vendê-la em um ponto de ônibus, na Praça Ipiranga.

“Fomos até lá e uma mulher que trabalha próximo à praça disse que viu a cachorrinha sendo oferecida por R$ 100. Outra pessoa contou que pegou água para dar à Luna. Tivemos a informação de que ela foi vendida ali mesmo, por volta de 11h desta quinta-feira, mas ninguém sabe quem comprou”, explicou.

A família registrou um boletim de ocorrência nessa quarta-feira (25).

De acordo com Marya, o homem foi encontrado em frente ao Hospital e encaminhado à delegacia, segundo ela, o morador foi solto três horas depois.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.