Anúncios

Um vídeo feito por funcionários dentro da Maternidade Odete Valadares, em , mostra uma incubada neonatal infestada por formigas, que andam pelo rosto de um recém-nascido. Os servidores denunciaram negligência do hospital com os bebês. A direção da maternidade reconheceu o problema e disse que tomou medidas de dedetização.

Em relação ao bebê mostrado na imagem, a direção afirmou que ele está bem, mas continua sob os cuidados intensivos.

A denúncia foi feita pela Associação Sindical dos em Hospitais de (Asthemg), que diz já ter acionado a direção da maternidade.

Formigas andam pelo rosto de bebê internado em maternidade de Belo Horizonte (: Asthemg/Divulgação)

“Absurdo! Recém-nascidos são atacados por formigas na maternidade Odete Valadares. Nos berçários da maternidade, os bebês recém-nascidos que estão em incubadoras estão sendo atacados por formigas existentes no setor”, afirmou a Asthemg.

Ainda segundo o sindicato, as imagens foram feitas rapidamente enquanto um profissional realizava o procedimento para retirar as formigas. Conforme os trabalhadores, o serviço de limpeza diário não tem sido suficiente para evitar as formigas. Tubos e equipamentos de soro também são afetados conforme imagens divulgadas.

Em nota, a Maternidade Odete Valadares reconheceu a incidência de formigas no Centro de Terapia Infantil (CTI) neonatal e informou que, além da dedetização, foi alterada toda a rotina de limpeza da unidade, do teto ao piso.

Segundo a fundação, houve o reaparecimento das formigas e um formicida mais potente foi aplicado. O trabalho exigiu que os bebês fossem trocados de leitos. “Junto a isso, foi realizada uma desinfecção terminal no local, após o remanejamento para outros leitos de todos os bebês e da troca das incubadoras”, afirmou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.