Anúncios

Moradores do Distrito de São Joaquim, em , a 242 km de Cuiabá, estão contando com atendimento em uma unidade de improvisada, montada em um galpão. Os pacientes contam com o apenas uma vez por semana e reclamam da falta de no local.

Em caso de emergência, os moradores precisam buscar medicamentos no Distrito de Progresso, onde a estrutura também é precária, ou até a farmácia no Posto de Saúde Central.

Unidade de Saúde foi improvisada em galpão para atender moradores do Distrito de São Joaquim (Foto: TVCA/Reprodução)

À reportagem, o secretário municipal de Infraestrutura, Itamar Bonfim, afirmou que já está tomando medidas imediatas para melhorar o atendimento médico e odontológico prestado à população de São Joaquim.

Quanto à falta de medicamentos, ele afirmou o Conselho Regional de Farmácia (CRF-MT) determina que medicamentos só podem ser liberados na presença de um farmacêutico. “Mas vamos disponibilizar isso a partir de agora”, afirmou.

No Distrito de Progresso, mato alto e sujeira chegou a impedir vacinação em unidade de saúde (Foto: TVCA/Reprodução)

Já no Distrito de Progresso, a situação até o início desta semana a situação era de mato alto e muita sujeira, o que chegou a impedir até mesmo a vacinação de crianças no local. Até mesmo a porta principal do posto estava quebrada.

Após a reclamação dos pacientes, a prefeitura enviou uma equipe até o local para fazer a limpeza. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, uma zeladora foi contratada pra trabalhar na limpeza da unidade de saúde do Distrito de Progresso.

Além disso, a pasta afirmou que, ainda este ano, o municiípio pretende reformar e pintar todos as unidades de saúde de da Serra , inclusive os postos localizados nos distritos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.