Anúncios

O autor de um crime de latrocínio ocorrido em (1.160 km ao Nordeste) foi identificado através de investigações da Polícia Judiciária Civil com apoio da Perícia Oficial Identificação Técnica (). O suspeito, Claudio Ivan Cardial Hora, 18, teve o pedido de prisão preventiva representado em inquérito policial após ter sua atuação identificada em trabalho de reconstituição dos fatos.

O suspeito encontra-se detido desde o dia 18 de janeiro na Cadeia Pública de , ocasião em que foi preso junto a um grupo criminoso que veio da e se instalou em Confresa para prática de ações criminosas.

O latrocínio praticado pelo investigado ocorreu no mês de novembro de 2017, em um supermercado, ocasião em que executou a vítima com um disparo de arma de fogo. Na época, o crime causou grande repercussão, sendo divulgado em redes sociais e causando grande revolta na sociedade.

Durante as investigações, os policiais identificaram Cláudio como possível autor do crime, uma vez que através das câmeras de do mercado foi possível verificar que o autor possuía as mesmas características do suspeito. Além disso, no dia dos fatos, o autor fugiu em uma motocicleta Honda Bros, a qual o investigado possuía um modelo idêntico.

Diante das evidências, foi solicitado a Politec a reprodução simulada do crime, sendo o trabalho foi realizado em conjunto com a equipe da Polícia Civil. A conclusão do laudo pericial apontou Cláudio como autor do crime. Com a confirmação da autoria, o suspeito foi indiciado em inquérito policial com o pedido de prisão preventiva pelo delegado André Rigonato.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.