Anúncios

Estão abertas as para o , evento que deve reunir profissionais do agronegócio, pesquisadores, técnicos e estudantes em Cuiabá (MT) nos dias 12 e 13 de abril. A realização é do da /Esalq (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz), Gil Câmara, em parceria com o Pecege.

Na programação estão palestras voltadas à , adubação e sistemas de produção que envolvem a soja, além de temas relacionados ao controle biológico de produção, agricultura , manejo e integração entre lavoura e pecuária.

“O Simpósio traz palestras focadas em conteúdo técnico de alto nível, ministradas por profissionais de destaque em , ensino e mercado”, afirma Gil Câmara.

Ele ressalta que o conteúdo foi selecionado para atender a demandas regionais ou nacionais sobre temas de interesse técnico da classe produtora e de profissionais de assistência e consultoria técnica.

Entre os profissionais que ministrarão palestras estão docentes da USP/Esalq, profissionais de engenharia agronômica, da e consultores de mercado.

Programação

A programação do Simpósio começa no dia 12 pela manhã. A abertura oficial está programada para as 8h50, seguida pela palestra Rentabilidade e riscos de sistemas produtivos, soja, milho e algodão no Mato Grosso, com Lucílio Alves, professor da USP/Esalq.

Ao longo do dia, estão previstas ainda mesas-redondas e palestras sobre temas como a eficiência agronômica de fungicidas no controle químico das doenças da soja no Brasil, com a pesquisadora Cláudia Godoy, da Embrapa. A programação se estende até as 17h40.

O Simpósio prossegue no dia 13, com palestras e debates. Na agenda estão assuntos como manejo, balanço nutricional e adubação, microbiologia e sua conexão com produtividade e sustentabilidade agrícola. O encerramento acontece às 12h10.

O evento tem patrocínio das empresas Kopperttt e Produquímica Compass Minerals.

Confira toda a programação em http://simposiosoja.pecege.com/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.