Anúncios

Se recuperando de uma grave crise financeira que acertou o clube em cheio no ano passado, contribuindo com o rebaixamento do time na do Brasileiro, o Náutico começa a dar a volta por cima em 2018. Na noite desta quarta-feira, carimbou a classificação para a Quarta Fase da do ao derrotar o Cuiabá, em plena , pelo placar de 1 a 0.

Como venceu por 2 a 1 em São Lourenço da Mata, o Náutico jogou como manda o figurino, por uma única bola e a achou com o atacante Ortigoza, aos 40 minutos do segundo tempo, eliminando o Cuiabá. Agora, aguarda o sorteio realizado pela CBF para conhecer seu adversário na próxima fase.

O duelo foi disputado com os portões fechados, pois o Cuiabá não conseguiu viabilizar todos os laudos a tempo para liberar o estádio. A diretoria, então, colocou telões do lado de fora da Arena para acompanhar o jogo.

O gol marcado na Arena Pernambuco e a possibilidade de levar o jogo para os pênaltis com uma vitória magra, fizeram o Cuiabá entrar motivado no jogo diante do Náutico. O time mato-grossense dominou o primeiro te criou as melhores oportunidades como aos 14 minutos, quando Hiltinho tocou para Bruno Alves. O atacante soltou o pé, mas Breno Calixto se atirou para afastar o perigo antes que a bola chegasse em Bruno.

A pressão seguiu do início ao fim. Aos 26 minutos, Hiltinho cobrou escanteio na cabeça de Ednei, que subiu sozinho para a defesa de Bruno. A resposta do Náutico ficou por conta de uma tentativa de Wallace Pernambucano. O meia invadiu a área e chutou nas mãos de Victor Souza.

A rede só não balançou na primeira etapa devido aos erros de finalizações da equipe da casa. Aos 44 minutos, o Cuiabá criou a melhor chance com Bruno Alves, que recebeu lançamento açucarado de Doda, driblou o , mas na hora de concluir chutou para fora.

O panorama do jogo não foi diferente no segundo tempo. O Náutico estava jogando com o regulamento debaixo do braço, enquanto o Cuaibá saiu com tudo em busca do gol. Aos dez minutos, Weverton cruzou para Jenison, que cabeceou para um milagre do goleiro Bruno, que evitou o empate.

A tática do time pernambucano deu resultado aos 40 minutos, quando apareceu o talento de Ortigoza, jogador com passagens por e Cruzeiro. Após cruzamento de Rogerinho, Jobson fez um desvio providencial para o atacante, que tirou do goleiro para dar a classificação ao Náutico. O atacante, no entanto, será desfalque na sequência, já que acabou expulso por fazer uma falta boba antes do apito final.

https://youtu.be/lRJV2lk4-YY

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.