Anúncios

Durante o seminário Perspectivas para o no Brasil, que acontece em Ribeirão Preto (SP), o CEO Mercosul na Netafim Brasil,  Alexandre Gobbi, afirmou que o poderá chegar ao final de 2019 como responsável pela produção de 20% de todo o alimento produzido no mundo.

No entanto, explica, para que isso se torne realidade, o precisa se empenhar em criar um ambiente de verticalização de sua produção, investindo em mais no campo e deixando de lado o conceito de aumento de produtividade através da abertura de novas áreas.

“O modelo brasileiro era horizontal – se crescia comprando mais terra, mas está mudando – hoje é mais vertical. Só se cresce reduzindo custo da tonelada produzida e isso só ocorre com mais e produtividade”, analisa Gobbi.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.