Anúncios

Um advogado de 42 anos, identificado como Eliel Alves de Souza, morreu na manhã desta segunda-feira (12) ao pular do 14º do prédio onde morava com a família no bairro Goiabeiras em Cuiabá. Ele deixa esposa e três filhos.

De acordo com informações da Polícia Civil, por volta das 5h o advogado teria cortado a rede de proteção da sacada de seu apartamento no edifício e pulado. A família de Eliel estava em casa no momento incidente. Ele fazia uso de antidepressivos.

No perfil do advogado nas redes sociais, familiares e amigos prestam sua homenagem. Ele era casado e tinha três filhos.

Envolvido por engano

Em 2014 Eliel teve seu nome envolvido em uma operação da Delegacia Fazendária, denominada ‘Alexandria’, que apurava fraudes e desvios de recursos públicos, obtidos por meio do Programa de Apoio à Cultura (Proac).

No entanto, a Polícia Civil depois se manifestou dizendo que houve um equívoco e que o advogado não era alvo da operação. A OAB/MT chegou a emitir uma nota de repúdio pelo erro da polícia.

O CVV (Centro de Valorização da Vida) realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar – sob total sigilo – por telefone, email, chat e Skype 24 horas todos os dias.

A pessoa pode conversar com um voluntário do ligando 188. Em há também a opção pelo telefone (65) 3321-4111, ou pelo www.cvv.com.br, sempre 24 horas por dia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.