Anúncios

Os seguranças do carro forte que saiu de (520 quilômetros de ) e foi alvo de criminosos, na última quarta-feira (07), em Montes Claros de (GO), receberam alta logo depois de serem atendidos no hospital do município. Dois dos quatro que estavam no veículo de transporte de valores ficaram feridos, sendo que um deles sofreu uma fratura.

Segundo o Mais Goiás, dos quatro vigilantes patrimoniais que estavam dentro do carro forte, dois se feriram. Um deles fraturou um dos dedos do pé e outro chegou a machucar o joelho, mas sem gravidade. Após avaliação médica, no início da tartde, ambos receberam alta hospitalar.

O Hospital Municipal Domingos Sávio Peres, em Montes Claros de Goiás, prestou o atendimento inicial aos funcionários que faziam o serviço de do carro forte.

Os bandidos levaram armas e coletes balísticos; o cofre do veículo foi explodido para que malotes com valores fossem roubados. Por conta disto, várias cédulas ficaram espalhadas pela pista, que não precisou ficar fechada.

O carro forte saiu da cidade de Barra do Garças, onde havia sido abastecido com de bancos da cidade. As informações iniciais dão conta de que uma caminhonete modelo Triton branca estaria dando apoio ao bando, que interceptou o veículo de transporte de valores na BR-070.

Existe também a informação de que os criminosos tenham retornado para Mato Grosso, logo depois de ter cometido o roubo. Ao Olhar Direto, o delegado titular da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), Diogo Santana Souza, disse que ainda não foi procurado pelas autoridades goianas, mas colocou sua equipe à disposição para auxiliar no caso.

O caso

Criminosos explodiram um carro-forte no final da manhã desta quarta-feira (7) na BR-070, a poucos quilômetros de Montes Claros de Goiás (GO). Ao todo, eram seis homens armados e a bordo de duas caminhonetes, que cercaram o veículo e trocaram tiros com os seguranças. O carro havia saído de Barra do Garças (520 quilômetros de Cuiabá) e seguia para a cidade de Cocalzinho (GO).

Após a troca de tiros com os seguranças, os criminosos colocaram fogo no veículo, que foi totalmente consumido pelas chamas. A quantia que foi levada pelos bandidos ainda não foi divulgada. Dentro do carro forte estavam o motorista e outras três pessoas, sendo que duas delas precisaram ser atendidas no Hospital Municipal de Montes Claros.