Anúncios

Nos últimos dias, Cuiabá e mais 16 municípios de Mato Grosso estão sendo monitorados pela Defesa Civil Estadual, devido a grande quantidade de chuvas registradas. Deste total, três municípios tiveram a situação de alerta reconhecida pela União, enquanto os demais ainda aguardam o reconhecimento e permanecem em observação.

, Mirassol d’Oeste e Rondonópolis, estão em estado de alerta. O Sargento Bombeiro Militar, Wagner Rosa Soares, explicou que em Mirassol d’Oeste, uma barragem de captação de água se rompeu. Por esse motivo,  25.299 habitantes estão sem o abastecimento de água.

Em Poconé, houve destruição de bueiros, pontes e estradas. Mais de 2 mil pessoa foram afetadas.

Já em Rondonópolis, as chuvas causaram uma erosão de grande proporção em um bairro da cidade, prejudicando cerca de 3 mil moradores.

Cuiabá, Várzea Grande, Cáceres, , , Cotriguaçu, Barra do Garças, General Carneiro, São Felix do Araguaia, São José dos Quatro Marcos, São José do Rio Claro e Poconé, não tiveram o estado de alerta decretado, mas seguem sendo monitorados pela Defesa Civil.

Na capital, um trecho da Avenida Senador Metelo, na região com o cruzamento com a Rui Ramos teve que ser interditado pela Defesa Civil Municipal, por conta de uma erosão no asfalto, causada pelas chuvas.

“Cuiabá e Várzea Grande têm seus coordenadores municipais e nos [Defesa Civil] estamos monitorando os trabalhos deles. Havendo necessidade nos iremos auxiliá-los em alguma ação”, disse o Bombeiro Militar.

Os municípios que estão em estado de alerta, devem receber um projeto para reconstrução dos lugares destruidos em breve.

“A nossa equipe ajuda o município no processo de captação e retorna. Após o reconhecimento fazemos um plano de trabalho para captar recursos para reconstruir os locais destruídos”, disse.

Previsão

A previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) aponta que o restante da semana, em todo Estado ter pancadas de chuva. Na quinta-feira (8) o instituto prevê pancadas de chuva e trovoadas, exceto no sudeste de MT, onde estará parcialmente nublado a nublado com pancadas de chuva e trovoadas isoladas.

Para Sexta-feira e sábado (9 e 10) a previsão é de chuva e trovoadas.

 
Orientação

Conforme o último aviso emitido pelo Inmet, o acumulado de chuva no Estado traz o risco de alagamentos e de transbordamentos de rios. Por isso, a Defesa Civil traz as seguintes orientações para se prevenir destas situações.

– Se o nível de água estiver subindo, vá com sua família para um lugar seguro;
– Se estiver numa área inundada, procure evitar o contato com a água;
– Evite cruzar pontes em que o nível do rio subiu;
– Não se abrigue debaixo de árvores isoladas;
– Não se aproxime de cercas de arame, varais metálicos e trilhos;
– Mantenha-se longe de fiação elétrica exposta;
– Se estiver dirigindo, aos primeiros sinais de alagamento procure áreas elevadas para estacionar e aguarde o nível da água baixar.