Anúncios
Moises Passos, Gerente de Patrimônio Histórico de Rondonópolis. Foto: GazetaMT

Diante das denúncias feitas pelo Conselho Municipal de alertando sobre intervenções no Casario e que estão modificando o local, tombado como patrimônio histórico desde 2013, o gerente de Patrimônio Histórico de Rondonópolis, Moises Passos, declarou nesta terça-feira (20) que alguns lojistas já foram notificados sobre irregularidades em box de atendimento.

“Essa situação já vem se arrastando de outras gestões. Mas, estamos cientes que existem algumas irregularidades quanto à instalação de restaurantes e bares aqui no Casario. Os proprietários já foram notificados para que façam as devidas mudanças, apesar de já terem provocado danos na estrutura arquitetônica do local. Caso não cumpram essa determinação, iremos ter que procurar os meios legais para rever o espaço”

Ainda de acordo com Moises Passos, o interessado em alugar um box, precisa primeiramente entrar em contato coma Secretaria Municipal de onde haverá uma avaliação sobre o que será instalado, conforme o Regimento Interno do Casario.

“Em um dos artigos, diz que o locatário é o único responsável pela execução e instalação da loja, no entanto fica claro que é expressamente proibido fazer qualquer reforma ou mudança na estrutura física da mesma, tais como: trocar piso, levantar, derrubar, rebocar ou furar paredes de forma inadequada. Também é proibida a instalação de ar condicionado, exaustores ou similares” explica o gerente.

Outra reclamação do Conselho Municipal de é referente à entrada de saída de veículos na área de circulação ampla, aberta, calçada com pedras de paralelepípedos e ajardinada.

“Já existia uma placa de proibição no local. No entanto, as pessoas não estavam respeitando. A partir de agora o veículo será guinchado” afirmou Moises.

lembrar que o Casario é um complexo arquitetônico e cultural carregado de significados. São 24 casas feitas de adobe e de alvenaria, estilo anos 40. Complexo histórico que merece cuidado.