Anúncios
Marcelo Sales teve mandado de prisão cumprido nesta segunda-feira (19) (Foto: de MT/Divulgação)

A cumpriu, nesta segunda-feira (19), mandado de prisão contra o pedreiro Marcelo Sales, de 29 anos, suspeito de ter assassinado a ex-mulher dele, Izabel Aparecida do Amaral, de 31 anos, e de esfaquear o namorado dela, Magno Aparecido Renato, de 33 anos, no dia 8 de fevereiro, em Juara, a 690 km de Cuiabá.

Izabel foi degolada e encontrada morta no banheiro da casa dela. Quatro dias depois do homicídio, o ex-marido de Izabel se apresentou à polícia, acompanhado de um advogado, e confessou o crime. Marcelo foi solto naquela ocasião porque não houve flagrante e não existia, até então, mandado de prisão contra ele.

Segundo o delegado Carlos Henrique Engelmann, que investiga o caso, o pedreiro relatou durante o interrogatório que conviveu com Izabel por sete anos e que eles se separaram em dezembro de 2017. O casal assinou o divórcio no dia 30 de janeiro deste ano.
“Ele disse que, apesar de ter se separado da moça, mantinha um relacionado às escondidas, o que não é verdade”, afirmou o delegado.

Segundo Engelmann, o ec-marido afirmou ter encontrado o casal no quarto, pegado um facão e os atacado.

Izabel Aparecida do Amaral foi encontrada degolada dentro do banheiro da casa dela (Foto: /Reprodução)

O caso

O ocorreu após a meia-noite do dia 8 de fevereiro, em uma residência no Bairro Ubirajara.

De acordo com a Polícia Civil, o corpo de Izabel foi encontrado degolado dentro do banheiro da casa. Ela já estava morta quando os policiais chegaram.

A vítima tomava banho no momento em que foi atacada. No dia do crime, testemunhas indicaram à polícia o ex-marido como autor do homicídio.