Anúncios

Dois homens que se prepararam para cometer mais um qualificado mediante arrombamento de caixa eletrônico foram presos pela Polícia Judiciária Civil, na tarde de sábado (17.02), em . Em poder dos suspeitos foram apreendidos materiais e ferramentas que seriam utilizados no crime.

A rápida ação da Diretoria de Inteligência (DI) com apoio operacional da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva), impediu o ataque planejado para acontecer no mesmo dia.

Considerado especialista em reiterados furtos de caixas eletrônicos em e região, com três condenações e um mandado de prisão em aberto expedido pela Comarca de (GO), o suspeito Kelson Santos Alves e seu comparsa, Felipe Silva de Arruda, foram autuados em flagrante pelo crime de associação criminosa.

Após informações que os dois estavam organizando outro ataque à agência bancária, policiais civis iniciaram as diligências logrando êxito em identificar uma residência no bairro Cristo Rei,  que era ocupada pelos criminosos.

Com base nos indícios, os investigadores foram até o endereço suspeito, onde abordaram os dois envolvidos. No imóvel foi encontrado grande quantidade de artefatos, além de quatro máquinas de serra elétrica, vários discos de corte de metal de alto desempenho, furadeiras, marretas, alavancas metálicas, entre outras ferramentas utilizadas nas práticas criminosas.

Questionado, Kelson admitiu ser contumaz nesse tipo de furto e planejava agir novamente. Ele também disse que junto com Felipe estavam ajustando os detalhes, bem como procurando um caixa eletrônico com melhor para atacar. Kelson também deveria estar fazendo uso de tornozeleira eletrônica. No entanto, o equipamento de monitoramento foi apreendido no interior do imóvel desativo.

Diante dos fatos, eles forram conduzidos à Derrfva, interrogados pelo delegado de polícia Marcelo Martins Torhacs e mantindo presos em flagrante. A representou pela conversão da prisão em flagrante em prisão preventiva dos acusados.

Ainda na ocasião, foi dado cumprimento a ordem judicial de prisão em desfavor de Kelson, referente a dois crimes de furtos qualificados de caixas eletrônicos ocorridos recentemente, sendo um no dia 13 de janeiro e outro no dia 10 de fevereiro, ambos em Agências do Banco Santander do Estado de Goiás.

Após a confecção dos autos, Kelson e Felipe foram encaminhados para audiência de custódia no Forum de Várzea Grande, ficando à disposição da Justiça.