Anúncios

A Polícia Civil prendeu na noite desta quinta-feira (01), um homem de 30 anos, suspeito de aliciar e abusar sexualmente de uma adolescente de 13 anos, em .

Segundo a mãe da vitima, há meses sua filha apresentava uma atitude estranha, o que fez com que ela desconfiasse do relacionamento de sua filha com um estranho na internet, em entrevista a imprensa, a mãe da vitima contou como tudo começou.

“Ela começou a falar com ele pelo facebook, então eu falava muito pra ela, “minha filha larga de falar com esse homem, esse homem não presta, ele não é nem da cidade, ninguém conhece ele, não se sabe da onde ele veio”, ai um dia ele ligou, eu tinha acabado de chegar do serviço, eu peguei o e falei com ele, “moço, por favor, larga mão de minha filha, ela é de menor, você está botando coisa na cabeça dela”, ele ficava mandando foto de roupa pra ela, disse que daria um monte de coisa a ela, e eu sempre chamando atenção dela, um dia eu falei, “vou chamar a policia pra você”, minha filha ficava muito braba quando eu chamava a atenção dela, dai eles continuaram assim, mas eu nunca imaginei que aconteceria tudo isso, porque eu alertava muito ela, eu conversava com ela, mas ela não dava ouvido.”

Segundo a mãe, a filha dizia estar apaixonada por ele, “mas como vai estar apaixonada por uma pessoa que não conhece, não sabe da onde veio quem é a família né.”

A adolescente é a única filha mulher, e é bastante vigiada por sua mãe, “eu fico muito encima dela, eu acho que ela não gosta muito, e eu tenho medo destas situações, e que acabou acontecendo.”

A mãe em entrevista ao Power Mix, relatou o que aconteceu na data de hoje, “hoje pela manhã, eu fui trabalhar, ai o celular tocou para eu levar ele ao meu filho para ele ir para o trabalho, quando cheguei, ela já estava com o celular no ouvido, ai eu falei “você está falando com quem minha filha”, ela não falou, eu disse a ela para se arrumar para ir a aula, ai eu peguei a bicicleta e fui trabalhar, quando eu cheguei do trabalho, já não achei mais ela em casa, ai meu esposo falou, “a nossa filha sumiu”, então eu vim na delegacia, postei no facebook o desaparecimento dela, e fui atrás porque é minha filha, eu ia deixar para esse homem matar?, porque eu sinto medo dele assim, sei lá, porque é uma pessoa que você não conhece, da medo,  então nos corremos atrás, postamos no face, ai uma mulher mandou uma foto pra mim que ela estava na rodoviária, ai eu vim na delegacia e fui com a polícia para pegar ela, ai trouxemos ela”.

A mãe emocionada disse ser um alivio ter achado ela, “graças a deus eu consegui, a passagem dela estava marcada para as 14h00, ai não conseguiram ir graças a deus, o senhor me ajudou nessa parte, deixou minha filha em casa, porque eu não sei para onde esse homem ia levar ela, ou o que ia acontecer né, porque a gente não conhece né”.

Segundo ela a filha fala que está apaixonada pelo suspeito, “ela defende ele, fala que foi por que ela quis que ele não chamou ela, porque ama ele de mais, falou até que me odiava porque eu fui atrás dela.” Concluiu a mãe .

Já o Delegado Felipe Leoni, em entrevista esclareceu o caso à imprensa. “Primeiramente houve a do desaparecimento desta menor, a mãe desesperada fez esse boletim de ocorrência comunicando o desaparecimento da menor, ao final da tarde a gente tomou conhecimento através de informantes, que essa menor estaria já na rodoviária indo para o estado de Goiás, já na companhia desta pessoa. O policial foi diligente e capturou o suspeito e trouxe-o pra cá, o que chamou muita atenção foi uma marca muito forte de um beijo lascivo no pescoço da menor, por essa razão vai ser lavrado o flagrante pelo crime do artigo 217a do código penal, que é o crime de estupro de vulnerável, quando se pratica um ato libidinoso com um menor de 14 anos.”

Segundo o delegado, a jovem mesmo aceitando essa situação e defendendo o suspeito, o mesmo vai responder pelo crime. “O legislador ele traçou um critério objetivo para efeitos de criminalização da conduta, ou seja, todo aquele que até 13 anos de idade praticar qualquer ato libidinoso ou a corsão carnal, responde pelo crime de estrupo de vulnerável.”

Neste caso o suspeito vai responder também pelo crime de aliciamento de menor através de meios de comunicação, pelo fato do mesmo manter contato com essa menor através da internet, o suspeito vinha se comunicando com ela pela internet por ser de outro estado, mas tinha com fins, a prática do ato libidinoso com ela.