Anúncios

Uma jovem de 18 anos foi presa pela Polícia Judiciária Civil, em Jauru (448 km a Oeste), na sexta-feira (02), acusada de furtar o cartão poupança da sogra e sacar mais R$ 9 mil da conta, em uma cooperativa de crédito. A suspeita, L.S.V, 18 anos, foi autuada por qualificado mediante abuso de confiança.

A vítima de 64 anos procurou, no dia 30 de janeiro, a Delegacia da para comunicar os saques diversos em sua conta, mas acreditava ser uma pessoa que teria pedido ajuda para sacar , quando esteve no banco. Desde então, ela passou a observar diferentes retiradas da conta, desde o dia 30 até esta sexta-feira (02), quando procurou a Delegacia.

Os policiais iniciaram diligências e  em análises das imagens do banco descobriram que a autora do furto era a própria nora da vítima.  A moça foi detida na casa dos pais e levada à Delegacia, onde contou que pegou o cartão e senha da bolsa da sogra, quando ela esteve em sua casa. Disse ainda ter feito os saques, pago contas e comprado roupas para filha com o dinheiro furtado, além de um depósito em sua conta no valor de mais R$ 7 mil.

No total foram quatro saques, três acima de R$ 2 mil e um no valor de R$ 1.800. A moça justificou o furto do cartão e do dinheiro, pelo fato de estar tendo muitas discussões com o marido e este ter tido para ela pagar sozinhas as próprias contas. Ainda disse que iria devolver o dinheiro.

Mandados

Ainda pela Delegacia de Jauru foram cumpridos três mandados de busca e apreensão na cidade de Figueirópolis D’Oeste, visando reprimir crimes de furtos, tráfico de drogas e homicídios na cidade.