Anúncios

Há pelo menos quinze anos, toda vez que chove, os moradores do bairro Jardim Ubatã já sabem que terão prejuízos. Nos últimos dias, no entanto, a preocupação foi maior ainda, tanto que na última sexta-feira (9) eles fizeram uma manifestação e queimaram pneus a fim de chamar a atenção da , que, segundo eles, ainda não se manifestou.

O comerciante Claudemir Ricci, 49, que trabalha na empresa ‘Cegonhas Guincho’ e mora no local há 15 anos, é um dos que estão revoltados com a situação. “Quando eles fizeram o asfalto já largaram tudo entupido, trancado, nunca vieram ver. E a chuva desce da Cidade Alta, da , desce correndo pelo asfalto, chega ali em frente da empresa e não tem pra onde sair. Tem um bueiro que nós fizemos ali, particular, ele capta 1% da água e joga nos fundos”, explico.

Segundo o comerciante, desde que ele se mudou para o bairro o problema é o mesmo, e recentemente fizeram um manilhamento para tentar amenizar a situação. “[Mas] Era pra colocar uma manilha de um metro e colocaram de 60 centímetros. Não comporta o volume da água, represa lá embaixo e vem alagando tudo aqui pra cima”, conta.

Ainda de acordo com ele, a chuva já causou prejuízos financeiros a todos os comerciantes da região, chegando a R$20 mil para a proprietária da empresa de guinchos. “Inclusive na minha casa eu pedi muitas coisas, computador… jogaram 4 ou 5, tudo fora”.

Outro morador, que não quis se identificar, contou  que a rua está fechada desde o último domingo (11) por conta do alagamento que aconteceu. Desta forma, diversos comércios estão inacessíveis. Segundo ele, moradores já perderam eletrodomésticos como geladeiras e a dona de um restaurante do local também teve prejuízos.

Outro lado

A Prefeitura de Cuiabá deverá se manifestar ainda na tarde de hoje, a partir das 14h, quando começa o expediente.

https://www..com/watch?time_continue=1&v=AMyUsxVcGYE

https://www.youtube.com/watch?v=zWuKpQv7kJo