Anúncios

Dificuldade de dormir cedo, dificuldade para acordar no horário. Quando acaba o , o relógio biológico fica um tanto quanto bagunçado, e não são só os adultos que sentem essas consequências. De acordo com a psicopedagoga e diretora do Educandário das Goiabeiras, em , Ivete Ferreira, as crianças levam cerca de duas semanas para se adaptar ao novo horário.

“Qualquer mudança na rotina é fator de estresse. Tanto que, nesse período, é normal que as crianças tenham queda no rendimento escolar, sofram alteração no apetite e fiquem cansadas, irritadas ou manhosas. Com a alteração no horário, também é preciso levar em consideração o fator genético, que faz com que cada uma delas reaja de forma diferente à situação. Mas, em geral, são efeitos transitórios que devem passar em breve”, pondera a psicopedagoga. Segundo, ela, é necessária uma dose extra de paciência dos pais neste período.

As alterações no comportamento infantil, explica Ivete, ocorrem porque o metabolismo fica confuso com a mudança de horário. “A medicina relata que quando temos uma rotina o organismo produz cortisol cerca de 30 minutos antes de o despertador tocar. Esse hormônio é responsável por nos deixar dispostos pela manhã. Logo, se a criança estiver acostumada a despertar às 7 horas, por exemplo, provavelmente ela irá acordar às 6 horas. Sendo assim, converse com ela e peça para que fique por mais cinco minutos na cama. No dia seguinte, aumente para 15 minutos e assim por diante”, aconselha Ivete.

Na hora de dormir, o problema é outro, já que é a melatonina, que induz a sonolência, que comanda o corpo neste momento. “Ela que proporciona uma noite tranquila e restauradora. Por isso, caso a criança tenha dificuldade de pegar no sono com a mudança de horário, tente tornar o momento mais prazeroso e tranquilo. Por exemplo, cante uma canção calma ou conte uma historinha. Se ele ficar muito cansado durante o dia, deixe tirar uma soneca breve”, ressalta.

Outra dica da psicopedagoga é diminuir os estímulos no período próximo ao sono, evitando alimentos estimulantes e exercícios intensos. “ apostar em refeições mais leves e, durante o dia, ir ajustando os horários. Caso a criança permaneça em período integral, converse com a escola sobre o tema. De noite, brincar com eletrônicos, como tablets, deve ser evitado, pois pode atrapalhar o sono. O ideal é desenvolver uma atividade mais relaxante, que facilite a indução ao sono”, finaliza.

Além de ofertar o Sistema Maxi de Ensino, o Complexo Educandário Jardim das Goiabeiras também apresenta em sua estrutura espaços como berçário completo; salas climatizadas; campinho de ; pista de educação de trânsito; casa de boneca; refeitório e sala para filmes/descanso. A escola conta com uma equipe de pedagogos especialistas em , psicóloga, nutricionista, enfermeira, bióloga, auxiliares – bem como professores de língua inglesa, de balé, de artes e de .

Mais informações pelo telefone (65) 9 9976-9516. O Educandário Jardim das Goiabeiras (matriz e Baby) está localizado na rua Coronel Barros, 288, bairro Goiabeiras, em Cuiabá.