Anúncios

Dois homens acusados, um de e outro de roubo, foram na sexta-feira (02), em . O primeiro, Christian Kelvin Botelho de Carvalho, 19 anos, era monitorado por tornozeleira eletrônica e teve o mandado de prisão preventiva cumprido por furto qualificado. Já o segundo, Jackson Rodrigues Uchoa, 37 anos, foi preso por  roubo majorado ocorrido em um estabelecimento comercial, em Cuiabá.

De acordo com a , identificação de Christian Kelvin Botelho de Carvalho começou após uma vítima ter sua residência arrombada, no bairro Coophamil, e do imóvel levado diversos pertences, resultando em grande prejuízo financeiro. Na apuração, uma testemunha contou que visualizou quatro pessoas no interior de um Fiat Uno, que desembarcaram, quebraram o cadeado e entraram a residência. A testemunha conseguiu gravar a placa do veículo (NCY-8345) e passou à Polícia Civil.

O titular da (Derfva), Diego Alex Martimiano da Silva disse que informou que na  data dos fatos estaria no sítio de um avô, que fica próximo a cidade de . O investigado ainda disse que somente teria retornado para sua residência no sábado a noite  e que não ter emprestado o veículo para nenhuma pessoa.

No entanto, em  checagem da tornozeleira do suspeito, os policiais verificaram que ele havia desligado o aparelho exatamente no momento em que houve o crime,  data que alegou estar na cidade de Chapada dos Guimarães, mas restou comprovado que ele já estava em Cuiabá.

A vítima também reconheceu o suspeito e também carro como sendo o usado no dia do crime, citando, inclusive, um amassado que confere com o carro apreendido. Christian já responde por crimes de roubo majorado, porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e permitido e tentativa de homicídio, estando em liberdade provisória mediante utilização de tornozeleira eletrônica.

Roubo casa de carne

O segundo preso, Jackson Rodrigues Uchoa,  é apontado como autor do roubo praticado em uma casa de , na Capital. Quando do assalto, os suspeitos chegaram ao local a bordo de um veículo Fiat Pálio de cor branca, placas OBO-5664. Ele teve a prisão temporária cumprida na sexta-feira (02).

Em checagem no automóvel, os policiais constataram que o veículo era locado, pertencente a Locadora Papaléguas Rent a Car. A empresa informou que o carro possuía rastreador e com isso, o automóvel foi localizado abandonado na Rua C, no bairro Bosque da Saúde, próximo ao edifício Garden Bosque.

Na ocasião, houve perseguição policial e o suspeito abandonou o veículo cerca de 300 metros, de seu endereço atual, o que lhe permitiu chegar a pé em sua residência em questão de minutos.

A locadora também informou à Polícia Civil, que o carro estava locado a Jackson Rodrigues Uchoa, para uso de três dias, mas o veículo não foi devolvido, muito menos quitado o débito e não sendo o cliente encontrado pelos telefones informados.

Jackson já possui condenação criminal por roubo majorado, porte ilegal de arma de fogo e violência doméstica. Os demais suspeitos envolvidos no roubo  já foram identificados e as investigações continuam até a prisão de todos.