Anúncios

O delegado Diogo Santana, titular da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), disse que há a suspeita de que o bandido Kelves Gonçalves da Silva, morto em confronto com a polícia na madrugada desta terça-feira (27), seja o rapaz que aparece em um vídeo degolando dois homens, suspeitos de participação na morte da grávida Viviane da Silva Ângelo, que teve corpo encontrado no dia 18 de fevereiro.

“Em razão dos modos operante e a condição física nós temos a suspeita de que o suspeito de camisa azul enrolada na cabeça seja o próprio Kelves, mas isso ainda será apurado pela DHPP”, disse em coletiva nesta manhã.

Kelves Gonçalves da Silva tinha 28 anos e possui uma vasta lista de crimes no Estado. Além do roubo seguido de sequestro da empresária Milene Eubank e de atirar em um investigador da Polícia Civil, “Kelvinho”, como era conhecido, também é apontado como o executor do taxista, Douglas da Silva Santas em agosto de 2017. Na ocasião, a morte do taxista também foi filmada.

A polícia acredita que a suposta participação de Kelves no vídeo de duplo homicídio contra envolvidos na morte de grávida Viviane, seja uma tentativa de voltar a facção criminosa Comando Vermelho. Segundo o delegado, o bandido estava “exilado” do grupo após matar um dos membros do CV.

“Nós temos a suspeita de que ele estava sendo acolhido por alguns membros do Comando Vermelho. Vamos investigar se ele já havia retornado a facção”, disse delegado.

CONFRONTO E MORTE

As forças de segurança do Estado localizaram o esconderijo de Kelves após uma intensa investigação. A operação de recaptura dele ocorreu na madrugada desta terça-feira (27), em uma residência no bairro Vitória, em uma ação da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), juntamente com apoio do Grupo de Operações Especiais (GOE), da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derfva) e Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer).

Kelves reagiu e trocou tiros com os policiais do GOE, sendo alvejado. Na casa, havia outros suspeitos que também estavam armados. Um deles, identificado como Jean Pierre Queiroz, também foi baleado.

A polícia deu voz de prisão aos envolvidos, que foram socorridos e encaminhados ao pronto-socorro de . Todavia, eles não resistiram aos ferimentos e morreram.

https://www.youtube.com/watch?v=DAKtLRB4Epg