Anúncios

Familiares da advogada de 40 anos, Geisy Carine Miranda da Silva, estão procurando informações que levem ao paradeiro da mulher, que sumiu na última quinta-feira (15). Ela mora no bairro Coophamil, em Cuiabá.

A irmã da advogada, Célia Regina Miranda, contou  que ela estava passando por um grave quadro de depressão. Inclusive, durante este período não estaria trabalhando.

Antes de sumir, Geisy também revelou que a irmã teria pedido a sua mãe que cuidasse da filha de 12 anos. “Ela entregou a chave da casa, do dela, o e outras coisas pessoais e deixou aos cuidados da minha mãe. Ela também pediu que minha mãe cuidasse da minha sobrinha, que é filha dela, que ela iria dar um fim da vida dela, que iria sumir”, contou.

Ainda conforme a familiar, Geisy nunca teria tido um comportamento semelhante a este. Ela estaria separada e possuía guarda compartilhada da filha.

Um boletim de ocorrência foi registrado na Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) nesta sexta-feira (16), no entanto a família ainda não obteve nenhuma informação e mantem a divulgação nas redes sociais.

Que tiver informações que levem ao paradeiro da mulher basta ligar para os seguintes telefones: (65)9966- 99426 / 3901-4823 ou 99982-7766.