Anúncios

Adriana Padilha Martins de 35 anos, tirou a própria vida na madrugada desta sexta-feira (09) dentro de uma das celas da Delegacia da Polícia Judiciária Civil de , após ser detida por agredir uma sobrinha.

De acordo com informações do Boletim de Ocorrência, Adriana tomava medicamento controlado, pois sofria com aproblemas psicológicos e morava com a sobrinha e o marido da sobrinha.

Segundo o BO, no fim da tarde de ontem a mulher teve uma crise e agrediu a sobrinha, causando vários ferimentos nela. Após a agressão ela saiu de casa em uma bicicleta. Quando a marido da sobrinha chegou, viu a esposa com vários hematomas e ferimentos, acionou a e relatou o caso.

Com as características de Adriana, os policiais conseguiram localizá-la e tentaram encaminhá-la até o posto de saúde para ser medicada, mas muito agressiva, ela negou.

Adriana então foi detida e levada até a Delegacia da , onde dentro da cela ela utilizou uma camiseta para se enforcou. Quando o policial plantonista percebeu o ato, a mulher já estava sem vida.

O filho de Adriana, que mora em Cuiabá foi informado do caso e é aguardado para reconhecimento e determinar onde será o sepultamento.