Anúncios

Renato Otoni Bastos, de 62 anos, suspeito de matar a esposa Halley Coimbra, de 39 anos, sobrinha do prefeito de Tangará da Serra, Fábio Junqueira (PMDB) no último domingo (14) foi encontrado morto por dois ciclistas na tarde desta terça-feira (16), em uma área rural de Três Lagoas, em Mato Grosso do Sul. O corpo foi achado dentro de um carro com um tiro da cabeça. A Polícia Civil investiga a possibilidade de suicídio.

Segundo informações, o veículo estava no local desde segunda-feira (15), porém  os ciclistas desconfiaram que o carro estivesse atolado. Ao passar novamente pelo lugar, ambos notaram que havia um corpo no veículo.

A delegada Letícia Mobis, titular da Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (Deam), disse ao  JP News que foi até a propriedade com policiais civis e a perícia técnica. Ela confirmou que o corpo é o do ex-gerente industrial. Familiares de Halley Coimbra, que morreu após ser atingida por três tiros, também estiveram no local e reconheceram o suspeito.

O corpo de Renato foi encaminhado para o Instituto Odontológico Legal (Imol) de Três Lagoas.

 
Relembre o caso

Renato Otoni trabalhava como gerente de uma fábrica de celulose, instalada em Três Lagoas. Ele deixou a empresa e se aposentou. O casal estava separado há três meses e o ex-gerente não aceitava o fim do relacionamento, de acordo com familiares. Halley foi assassinada na tarde do último domingo (14), na cidade de Três Lagoas.  A vítima foi executada a tiros na frente da filha.