Anúncios

O encerrou, após 12 horas de trabalho, as buscas pelo homem que se jogou no durante a madrugada deste sábado (6), em Rondonópolis (212 Km ao sul de Cuiabá). O homem identificado como Edson da Silva Araujo, 36, foi encontrado em razão de ter sido preso pela .

Edson foi preso por tentativa de de um estabelecimento comercial, ocorrido horas depois de ter se jogado no rio, enquanto uma equipe dos bombeiros ainda buscava por ele.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, uma equipe foi acionada durante a madrugada para atender uma ocorrência de afogamento, uma vez que testemunhas disseram que um homem que dirigia um veículo Fiat Uno bateu o sobre a ponte, abandonou o veículo e pulou no rio.

Diante dos relatos, as buscas pelo homem se iniciaram por volta das 3h. Já por volta das 14h, os bombeiros identificaram que o homem seria Edson da Silva Araujo. Em seguida, por volta das 14h30, a Polícia Militar informou aos bombeiros que havia sido efetuado a prisão de um indivíduo com as mesmas características, apontadas pelas testemunhas, do homem que se jogou no rio.

Os familiares de Edson foram informados sobre o ocorrido e, a pedido dos bombeiros, foram até a Central de Flagrantes fazer o reconhecimento e confirmaram que o preso era o mesmo homem que se jogou no rio. Diante da afirmação, os bombeiros encerraram as buscas às 15h, totalizando quase 12 horas de trabalho.

Prisão – De acordo com a Polícia Militar, Edson foi preso por volta das 14h30 após tentar roubar um comércio no bairro Cidade Salmen. Ele invadiu o estabelecimento e quebrou as câmeras de do local, mas os proprietários do comércio tentaram impedir o roubo.

Edson fugiu pulando os muros das residências próximas, mas os donos do estabelecimento foram atrás dele e detiveram-no. Posteriormente, ele foi preso pela Polícia Militar.

Aos policiais, Edson informou que de fato se jogou no rio horas antes da tentativa de furto, pois estava sendo “perseguido e ouvindo vozes”, mas conseguiu deixar o rio por conta própria. Os familiares disseram que Edson faz uso de drogas e já tinha ameaçado suicídio.

Agora, o caso será investigado pela Polícia Civil. Não há informações se o Fiat Uno, que Edson dirigia momentos antes de se jogar no rio, era roubado. O veículo foi apreendido e levado para o Pátio Rondon.