Anúncios

Um trabalho rápido da Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam), da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) e Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos Automotores (DERFVA) resultou na prisão de quatro envolvidos no sequestro dos jovens Henrique Rodrigues, 18, e Felipe, 19, que foram levados durante o roubo de um veículo HB20 na noite de sexta-feira (20), no bairro Jardim Europa, em Cuiabá. O pai de um dos criminosos é quem teria sido o responsável por arquitetar o plano.

Os criminosos foram identificados como: T.H.P.P., 17 anos; A.M.R., 17 anos; Thiago Ferreira de Souza, 26 anos e o pai dele, João Batista Barbosa Pereira, 36 anos. Este último é quem teria ajudado a planejar o sequestro dos dois jovens. Ele foi detido por uma equipe da GCCO, na noite em que as vítimas foram liberadas. O restante foi pego pela .

Os dois adolescentes e Thiago Ferreira foram presos após os investigadores descobrirem a localização do veículo. Com receio de que eles pudessem fugir, acionaram a Polícia Militar, que conseguiu efetuar a prisão.

Os dois jovens foram pegos na frente da casa de um deles, no bairro Jardim Europa, em Cuiabá. A mãe de Henrique, Arlete Rodrigues Domingues, contou ao Olhar Direto como descobriu o que havia acontecido: “Os dois estavam na porta de casa. Meu filho estava guardando a moto para ir dormir na casa do amigo quando eles foram abordados e obrigados a entrar no carro. Eu já tinha sentido falta, liguei nos dois celulares, mas um estava desligado e o outro não atendia. Mas como eu ia chamar a polícia sem nenhuma prova? Por isso esperei até hoje cedo para pedir as imagens da câmera de segurança de um vizinho, aí vi o que tinha acontecido”.

Arlete explica que um dos cartões era seu e que, além das compras, também foram realizados saques. Em nenhum momento, contudo, foi pedido resgate dos rapazes. A informou que após o bloqueio dos cartões os bandidos acreditarem que o saldo havia acabado. De acordo com ela, pelo teor das conversas ouvidas no cativeiro, há a suspeita de que os criminosos já estivessem observando o veículo com o intuito de roubá-lo, tendo inclusive um receptador para comprá-lo.

A manhã de desespero foi encerrada com o retorno de Henrique e Felipe, encontrados nas proximidades da Ponte Nova, em Várzea Grande, durante trabalho conjunto do Grupo de Combate ao Crime Organizado (GCCO), (DERRFVA) e Rotam.

O caso está sob investigação da DERRFVA, sob comando do delegado titular Vitor Hugo Bruzulato Teixeira.