Anúncios

José Milton Ferreira, de 52 anos, deu entrada na última sexta-feira (5) no Hospital Municipal de (a 455 km de ) com perfuração supostamente provocada por um de faca. Maria Hortência Nunes Miranda, de 52 anos, a principal suspeita foi encaminhada a Delegacia de Polícia. Ela é ex-mulher da vítima.

De acordo com o boletim de ocorrência, policiais do 1º Pelotão foram acionados pela médica plantonista do Hospital Municipal para averiguar um homem com uma perfuração de cinco centímetros, supostamente provocada por faca.

Ainda no hospital, os policiais tentaram obter alguma informação com a vítima sobre o que poderia ter ocasionado o ferimento, porém ela não conseguiu relatar.

Os militares saíram em diligências pelas ruas do bairro Cristo Rei, onde encontraram uma testemunha que disse ter visto a briga de seu padrasto com uma mulher.

A equipe seguiu até a casa da ex-mulher de José, Maria que disse aos policiais ter sido agredida por ele. Minutos depois ele teria aparecido já esfaqueado e então teria ido até o hospital. Maria também disse que não saberia quem poderia ter dado o golpe de faca em José.

O filho da vítima também contou aos policiais que por volta das 23 horas teria presenciado uma briga entre Maria e José e que ambos estariam com uma faca na mão. José teria tentado deferir um golpe em Maria e ela conseguiu tomar a faca. O jovem também não soube relatar que seria o autor da facada.

Diante dos fatos Maria foi encaminhada a Delegacia de Polícia para prestar esclarecimentos. O estado de saúde de José foi considerado grave e por isso ele precisou ser transferido até o Hospital Regional de . A deverá investigar o caso.