Anúncios
Evisson Gonçalves de Oliveira (: Facebook/Reprodução)

Um jovem está desaparecido desde sábado (13) depois de ter sido levado de casa por quatro homens que se identificaram como policiais civis, em Nova Mutum, a 269 km de . A família de Evisson Gonçalves de Oliveira, de 18 anos, registrou boletim de ocorrência sobre o desaparecimento na . Até esta quarta-feira (17) ele continuava desaparecido.

O caso aconteceu em uma residência no Bairro Jardim Ágata. A mãe de Evisson, Iraci Gonçalves, disse que os homens estouraram o portão da casa e mandaram que a família abrisse a porta, se identificando como policiais civis.

Em seguida, segundo a mãe, os supostos policiais ordenaram que todos colocassem a mão na cabeça e passaram a revistar a casa. Evisson foi algemado e levado para fora da casa. Os supostos policiais ainda levaram bijuterias, relógios e um documento.

Eles disseram à mãe do rapaz que levariam Evisson para uma investigação e avisaram que ela deveria ir na delegacia no dia seguinte. Os quatro homens, conforme a família, estavam armados e três deles estavam com o rosto coberto. Apenas um deles não usava nenhum capuz.

Iraci diz que desconhece ameaças contra o filho ou qualquer tipo de problema recente.

“Eles entraram e se identificaram como policiais. Ele não levou o e queremos notícias”, disse a mãe.