Anúncios

Um homem de 29 anos, identificado como Francisco Rodrigues da Silva, de 28 anos, foi preso na manhã desta terça-feira (30) em (a 244 km de ) após manter sua companheira de 22 anos, identificada como D.C.C., de 22 anos, em cárcere privado, agredi-la e ameaçar atirar na cabeça dela com uma arma. O revólver seria de um vizinho do suspeito, que acabou sendo preso também.

De acordo com informações da polícia, no início da manhã desta terça-feira a vítima procurou a delegacia para registrar uma denúncia contra Francisco. Segundo a mulher, na última sexta-feira (26) ela teria sido agredida pelo homem no meio da rua. O homem então levou a jovem para a casa dela e lá ficaram durante todo o fim de semana. Francisco impedia que a vítima saísse da casa.

No domingo ele teria dito à jovem que faria uma brincadeira com ela. Ele pegou um revólver calibre 32, apontou para a cabeça dela e disse “se você abrir os olhos, falar ou chorar eu vou apertar o gatilho”. A vítima ainda disse que tinha conseguido proteção do Estado contra Francisco, mas pediu para retirar depois que ele a ameaçou.

Após a denúncia da jovem os investigadores da Delegacia de Nova Mutum iniciaram as diligências e conseguiram localizar o suspeito. Ele confirmou o relato da vítima e disse que a arma que utilizou seria do vizinho.

Os policiais foram então até a casa do vizinho e conseguiram encontrá-lo. O revólver mencionado foi localizado e os investigadores verificaram que estava com a numeração raspada. Os dois suspeitos foram então encaminhados à delegacia. Após a prisão a vítima foi chamada novamente e neste momento presta depoimento na Delegacia Regional de Nova Mutum.