Anúncios

Um homem de 34 anos, identificado como Luiz Carlos Batista Feitosa, foi assassinado na noite desta segunda-feira (29) pelo ex de sua companheira, por motivos de ciúmes, no município de (a 891 km de ). A mulher contou à polícia que o suspeito já havia ameaçado ela e Luiz Carlos de morte. O sobrinho do assassino acabou sendo preso por ter levado o tio até o local onde a vítima foi assassinada.

De acordo com informações da polícia, por volta das 20h, uma equipe da foi acionada para atender uma ocorrência de homicídio na região central do município. Ao chegar ao local, os militares encontraram a vítima caída ao chão, ensaguentada.

Uma testemunha, companheira da vítima, contou à polícia que o suspeito Adair Pereira da Silva, de 35 anos, já havia ameaçado ela e Luiz Carlos de morte, por motivos de ciúmes. Ela também contou que Adair teria ido à residência dela no dia anterior e destruído várias coisas.

Outra testemunha contou aos militares que viu o momento em que uma moto com dois homens se aproximou do local onde ocorreu o crime e que depois um dos homens desceu do veículo e seguiu a pé.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e ao chegar ao local constatou a morte da vítima. A e a Perícia Oficial e Identificação Técnica () também foram acionadas para fazer as apurações.

Após diligências a PM conseguiu localizar o sobrinho de Adair, Ilton Pereira, de 18 anos, com a moto. Ele confessou que levou o tio até o local onde estava a vítima, mas que ele teria dito que iria apenas conversar.

O jovem negou participação no homicídio e disse que viu a faca com o tio, mas não imaginou que Adair iria assassinar Luiz Carlos. Ilton foi então conduzido à delegacia. Os policiais não conseguiram localizar Adair.