Anúncios
: Rogério Florentino Pereira/Ilustração

José Robson Moisés de Lima e Editon Teixeira de Sousa, suspeitos de matarem Roberto de Sousa Oliveira, 44 anos, com golpes de faca, foram presos em flagrante na noite deste domingo (7), em (509 km de ), poucas horas após o crime.

O aconteceu no bairro Novo Horizonte, próximo do Auto Posto Dracenão. Roberto foi atingido por várias perfurações de faca na região do tórax. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu antes mesmo de receber atendimento .

A vítima era natural do Estado do Piauí, e assim como seus executores, estava em Barra do Garças para trabalhar em uma construtora, responsável pela obra de um supermercado.

De acordo com a assessoria da Polícia Judiciaria Civil, logo após o homicídio os dois suspeitos foram até as suas residências, onde arrumaram as malas com intuito de fugir. No entanto, os acusados foram identificados e presos pelos investigadores da Delegacia de Barra do Garças coordenados pelo delegado Joaquim Leitão Júnior.

Durante a revista pessoal, foi encontrada com José Robson a faca supostamente utilizada para executar a vítima. Durante interrogátorio, ambos assumiram a autoria do homicídio, alegando o motivo de um desentendimento pessoal entre eles e a vítima.

Após serem ouvidos, José Robson e Editon, foram autuados por homicídio qualificado pelo motivo fútil e concurso de pessoas.

O delegado Joaquim representou pela conversão do flagrante em prisão preventiva, e subsidiariamente pelo mandado de prisão temporária dos envolvidos, que ficarão recolhidos à disposição da Justiça.

Ambos foram encaminhados à Cadeia Pública, ficando a disposição do poder Judiciário.