Anúncios

O ex-deputado estadual está cumprindo prisão domiciliar, em regime semiaberto, com uso de tornozeleira eletrônica e proibido de portar armas durante o cumprimento da pena de 2 anos e 4 meses, porque abusou do seu poder, quando foi cumprir a apreensão de um menor.

Só que a prisão só foi determinada porque no dia da o ex-deputado não compareceu.

O político também está proibido de portar armas, nem brancas (faca, canivete, estilete etc.) nem de fogo (revólver, espingarda, explosivos etc.), nem frequentar lugares inapropriados, como casa de prostituição, casa de jogos, bocas de fumo e locais similares.

Não poderá, também: ingerir bebida alcoólica ou fazer uso de qualquer espécie de substância entorpecente.