Anúncios
Rua Arnaldo Estevão foi interditada no trecho entre a Avenida Cuiabá e a Avenida Rui Barbosa – : Divulgação

A obra de recuperação da pavimentação de ruas da região central da cidade, que tem provocado mudanças no e na circulação de pessoas, teve ontem (20) mais um capítulo. A Rua Arnaldo Estevão teve parte de seu trecho interditado, entre a Avenida Cuiabá e a Avenida Rui Barbosa. Com isso, o trânsito logo se complicou, especialmente nas proximidades das agências bancárias da Avenida Cuiabá. Na data de ontem, a segunda parcela do décimo terceiro salário foi paga, e, com isso, muita gente procurou as agências para realizar saques e fazer o pagamento de contas.

Na última segunda-feira (18), conforme noticiado pelo A TRIBUNA, o presidente da Associação Comercial, Industrial e Empresarial de (), Juarez Orsolin, se reuniu com o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Milton Mutum, para junto aos demais representantes da ACIR demonstrar a preocupação da entidade com as frequentes reclamações dos comerciantes sobre as interdições, e também os bloqueios durante esta semana, uma das mais movimentadas do ano na região Central. Na ocasião, ficou acordado entre a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e o proprietário da empresa que venceu a licitação e está realizando as obras, que os no quadrilátero seriam deixados para depois das festas de fim de ano.

Contudo, com o bloqueio da Arnaldo Estevão, no trecho que está dentro do quadrilátero central, também com muitas lojas, foi observado que a interdição não ocorreu de forma tranquila. A situação, claro, gerou muitas críticas por parte dos comerciantes.