Anúncios
Grazyelli (à esquerda) e Maria Eduarda (à direita) morreram afogadas em açude (Foto: TV Centro América/Reprodução)

A construtora que é proprietária da área onde fica um buraco onde duas crianças, de 5 e 7 anos, morreram afogadas, nessa quarta-feira (27), em , a 218 km de , já foi multada pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente, por extração ilegal de cascalho da área onde se formou o lago, de acordo com a prefeitura do município.

Em nota, a Prefeitura de Rondonópolis lamentou as mortes das crianças e informou que, além de pagar a multa, a empresa era obrigada a elaborar e executar um plano de recuperação de áreas degradadas, para recompor o solo no local. A questão está sendo discutida na Justiça.

A reportagem procurou a empresa, que ainda não se manifestou sobre a fatalidade.

Maria Eduarda Nunes de Melo, de 7 anos, e Grazyelli Cintra, de 5 anos, nadavam no açude, localizado no Bairro Magnólia, quando morreram afogadas. Testemunhas disseram que as duas meninas são vizinhas e brincavam juntas.

Momento em que o corpo da 2ª criança é retirado do lago – Foto: Varlei Cordova

Por causa das chuvas, houve acúmulo de água, formando o açude.

“Recebemos uma solicitação via 193 de que uma criança encontrava-se submersa numa região no Magnólia e que outra criança tinha sido encontrada na mesma situação e tinha sido retirada. Daí chamamos o Samu, para verificar a possibilidade de haver alguém com vida, e a também estava lá. Fizemos uma varredura e realmente encontramos a outra criança já morta”, contou o tenente do Roberto Coelho de Lima.
Segundo ele, outra criança foi quem viu as meninas se afogando.

Lideranças dos bairros Jardim Magnólia e Residencial Fiuka disseram já ter pedido providências às autoridades sobre esse espaço, antes mesmo dessa fatalidade.

O corpo de Maria Eduarda foi enterrado nesta quinta-feira (28), no Cemitério Lourencinho, em Rondonópolis. O velório e enterro foram marcados por muita emoção e revolta.

O enterro do corpo da Grazyelli Cintra está previsto para as 16h30, no mesmo cemitério.