Anúncios
Foto: Rogério Florentino Pereira

O policiamento e a monitoração das rodovias federais serão intensificados a partir desta sexta-feira (29), durante a ‘Operação Ano Novo’, realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). Com o objetivo de diminuir o número de acidentes, os agentes ficaram em trechos estratégicos das rodovias de todo o estado.

De acordo com informações da assessoria, haverá rondas extensivas na BR-070, BR-364 BR-174, BR-158 e BR-163, e posicionamento estratégico das viaturas e policiais ao longo dos trechos mais movimentados, como, por exemplo, Cuiabá- Rondonópolis e Nova Mutum-Sinop.

A ação segue até a próxima terça-feira, dia 2 de janeiro. Os policiais do serviço operacional e administrativo trabalharão em escalas de revezamento, e haverá emprego de radares móveis e dez equipes extras distribuídas por todo Mato Grosso.

“No feriado de Natal, reduzimos o número de mortos em mais de 88%, com apenas um óbito nas rodovias do nosso estado. Isso só nos dá mais ânimo para trabalhar e com o desejo de que 2018 chegue com menos mortes, menos acidentes e mais fiscalizações”, afirmou o Superintendente da 2ª SRPRF/MT, Aristótelis Cadidé. Segundo ele, o objetivo agora é reduzir ainda mais os números da Operação Natal.

Só em 2016, a Polícia Rodoviária Federal de Mato Grosso registrou 24 acidentes, com uma morte, entre 30 de dezembro e 2 de janeiro. No mesmo período, foram realizados cerca de 1500 testes de alcoolemia, com oito pessoas detidas pela combinação álcool e volante, 142 pessoas foram flagradas realizando ultrapassagens indevidas e 405 condutores foram autuados por excesso de velocidade.

Também como medida de segurança, nesta sexta (29) e na segunda-feira (1), das 16h às 22h, ficarão restringidos de circular nas rodovias de pistas simples os veículos pesados, que necessitem de Autorização Especial de Trânsito – AET, como bitrens, rodotrens, treminhões e veículos com cargas excedentes. Não haverá restrição no trecho compreendido entre Cuiabá/MT e a divisa com o Estado do Mato Grosso do Sul, na BR-163 onde 70% do percurso está duplicado.

Veja as dicas da PRF para as viagens:

– O número de emergência da PRF é o 191;
– Planeje sua viagem e faça a revisão de seu veículo. É fundamental verificar a presença e o funcionamento de todos os equipamentos obrigatórios (freios, faróis, pneus, macaco, triângulo, limpador de para-brisa etc). Verifique também toda a documentação do veículo e do condutor;
– É obrigatório, em rodovias, o uso dos faróis baixos acesos, mesmo durante o dia. Isso aumenta a visibilidade aos demais condutores e principalmente aos pedestres, além de melhorar a percepção de distância aproximada;
– Em caso de chuva durante sua viagem, acione os limpadores de para-brisa, diminua a velocidade e aumente a distância em relação ao veículo que segue à sua frente. Evite estacionar no acostamento. Caso tenha que parar, procure um local seguro afastado da pista de rolamento;
– Respeite os limites de velocidade estabelecidos para a via e obedeça às placas de sinalização; onde não existir sinalização ou se esta estiver prejudicada, mantenha a velocidade compatível com as condições da via. Quanto maior é a velocidade, maior é o risco e mais graves serão os acidentes;
– O condutor e todos os passageiros do veículo devem utilizar o cinto de segurança. Crianças menores de 7 anos e meio de idade devem utilizar o equipamento obrigatório compatível (bebê conforto, cadeirinha e/ou assento de elevação). Em caso de autuação o condutor será penalizado e o veículo ficará retido até a regularização da infração;
– Ultrapasse sempre pela esquerda somente em locais permitidos e principalmente onde haja todas as condições necessárias para execução da manobra com segurança. Antes de iniciar uma ultrapassagem, certifique-se da distância e da visibilidade do veículo que pretende ultrapassar e dos que vêm em sentido contrário.
– Ocupantes de motocicletas devem sempre usar o capacete. Mantenha distância das laterais traseiras dos veículos, eliminando assim o chamado “ponto cego”. Antes de mudar de faixa de rolamento use os retrovisores. Não trafegue próximo a caminhões. O deslocamento de ar produzido por esses veículos pode desestabilizar a motocicleta.