Anúncios

O movimento de veículos leves na BR-163, BR-364 e BR-070 (Rodovia dos Imigrantes) aumentou 122%, no último sábado. De acordo com a concessionária que administra as rodovias houve um registro do fluxo de aproximadamente 63 mil veículos de passeio e outros 24 mil veículos de cargas, circulando ao longo dos 850,9 quilômetros sob concessão.

Segundo o gerente de operações da concessionária, Wilson Ferreira, mesmo que o aumento do percentual no fluxo de veículos leves tenha sido registrado no sábado, a sexta-feira contou com a maior quantidade de veículos circulando. Na data, foram contabilizados cerca de 96 mil veículos de passeio e cargas no trecho sob concessão, o que representa um aumento de 111% de veículos leves na rodovia. O maior movimento ocorreu na região sul do Estado, sentido Rondonópolis.

“Tivemos uma queda no movimento somente no domingo. No Natal, quando as pessoas retornaram para suas casas, o aumento não foi tão expressivo quanto o registrado na sexta e no sábado. Na segunda-feira, o fluxo de veículos de passeio aumentou 26%”, afirmou.

Ferreira avaliou ainda que o movimento demonstra que as famílias estão optando por viajar mais com seus veículos. Além disso, destacou mesmo com o expressivo aumento no fluxo de veículos, houve redução de 27% no número de feridos durante o feriado de natal, se comparado com o mesmo período do ano passado. “Diante do cenário geral avaliamos que a gravidade dos acidentes foi menor em 2017. A redução no número de feridos pode ser atribuída a fatores como maior conscientização e cautela dos motoristas e intensificação nas ações de fiscalização pela Polícia Rodoviária Federal”, comentou o gerente através da assessoria.

Conforme Só Notícias já informou, o número de feridos na BR-163 durante o feriado de natal teve uma redução 27%. De acordo com assessoria da concessionária, entre os dias 23 e 25 de dezembro, 24 pessoas foram atendidas pelas equipes de resgate. No mesmo período do ano passado, foram 33 casos.

Já o número de acidentes se manteve igual ao ano anterior, 38 casos. Assim como em 2016, uma pessoa morreu este ano. Além disso, durante os três dias de feriado as equipes de resgate prestaram 753 atendimentos ao longo dos 850,9 quilômetros de concessão. Uma média de 250 casos por dia.