Anúncios

O deste ano foi o melhor desde 2011. Isso é o que apontam as informações dos bancos de dados da CDL de . O aumento nas consultas superou 7,5%. A expectativa é que dezembro, mês mais esperado do varejo também seja equiparado ao movimento registrado em 2014, segundo melhor, dos últimos sete, apontando a retomada do crescimento da .

 

No , segundo dados da CNDL e do SPC Brasil, o crescimento chegou a 4,72% neste ano. A mesma sondagem apontou retração de (-)1,46% em 2016, (-) 15,84% em 2015 e (-) 0,7% em 2014.

 

A poucos dias da virada do ano, a expectativa é que o movimento do mês seja maior que o registrado em 2014 e um pouco menor do que 2011, ano em que o Brasil ainda não tinha entrado na recessão.

 

Entre os fatores que influenciaram no maior movimento neste Natal estão: aumento do otimismo com a economia, retomada da geração de empregos, gasto mais consciente, juros menores e as promoções atrativas.

 

De acordo com o da CDL de Rondonópolis, Neles Walter Ferreira de Farias, os indicadores maiores que o nacional decorrem da região com base no e a cidade ser polo de compras. “Ficamos ainda mais otimistas depois da consolidação do resultado de melhora nas vendas de Natal e esperamos que 2018 seja melhor, com a retomada do consumo das famílias e maior geração de empregos”.