Anúncios
Mulheres foram presas ao tentarem entrar em cadeia com 13 celulares escondidos em fraldas (Foto: Sindspen/MT)

Duas mulheres foram presas ao tentarem entrar com celulares no Centro de Ressocialização de , conhecido como cadeia do Capão Grande, na região metropolitana de Cuiabá. A situação ocorreu no domingo (10) e foi divulgada pela Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) nessa segunda-feira (11).

De acordo com a Sejudh, as duas mulheres estavam entre os visitantes e escondiam 13 celulares camuflados nas fraldas de uma criança que estavam com uma delas. Foram detidas Rosana da Silva Lima, de 29 anos, e Euziane Rodrigues Moreira, de 32 anos.

Conforme relataram os agentes, as mulheres tentaram armar um esquema de entrar com os celulares camuflados na fralda da criança. Enquanto uma mulher estava na sala de revista, a outra escondeu os aparelhos e carregadores numa fralda descartável da criança.

A que estava na revista saiu da sala com uma fralda igual, pegou a criança com a segunda mulher e já estava a caminho da entrada da área de visitantes, quando os agentes viram a troca de fraldas pelo circuito de câmeras.

As duas mulheres foram encaminhadas ao Pronto-Socorro para verificar se estavam com materiais ilícitos escondidos nas partes íntimas. Não foi identificado nenhum material. As mulheres foram em seguida encaminhadas à Delegacia da Polícia Civil.