Anúncios
Foto: Reprodução / PM

Três policiais foram verbalmente agredidos e ameaçados, e viaturas foram danificadas na última quarta-feira (27), no bairro Cohab 8 de Março, em ,  duas vezes no mesmo dia.

De acordo com o Boletim de Ocorrências, os policiais estavam em rondas pelo bairro, quando avistaram um homem em atitude suspeita. Ele apedrejou e danificou uma viatura da Polícia, e conseguiu fugir. No mesmo dia, à noite, a polícia voltou ao bairro, onde abordou dois homens, sendo um deles irmão do que havia apedrejado a viatura.

Este irmão tentou agredir um dos policiais, e, quando a PM tentou contê-lo, ele correu para dentro chamando as outras pessoas para ‘quebrar os policiais’. Oito pessoas saíram da casa, com facas e pedras.

Neste momento, ouviu-se um disparo de arma de fogo dentro de uma residência. Algumas pessoas tentaram entrar na viatura, e conseguiram retirar o suspeito apreendido. Diante da situação, a PM pediu apoio de outras viaturas. Quando os suspeitos ouviram as sirenes, evadiram do local.

Com a chegada das demais viaturas, outro suspeito, chamado Edésio Francisco de Paula, de 53 anos, foi em direção aos policiais, afirmando, em tom agressivo, que eles não podiam fazer rondas ali. De acordo com o Boletim de Ocorrências, ele disse, ainda, que iria “ligar para a imprensa”, e afirmou: “Isso não vai ficar de graça”; “Vocês vão ver o que é bom”.

O suspeito afirmou, ainda, que seria presidente do Conselho Comunitário de Segurança (Conseg), e que iria ligar para o comandante. “Não pode ficar assim, o bairro é nosso, vamos para cima”, afirmou.

Os policiais deram voz de prisão ao suspeito, que foi levado à Central de Flagrantes para providências cabíveis.