Anúncios

Um advogado de 38 anos, identificado como E.P.B., foi preso na madrugada desta segunda-feira (11), após uma confusão com travestis, no bairro Jardim Potiguar, região do Zero KM, em . O acusado estava com um facão e chegou a entrar em vias de fato com o homossexual.

Segundo as informações do boletim de ocorrências (BO), durante rondas pela região, a polícia visualizou uma confusão entre as partes. O advogado chamou pelos militares, alegando que sua esposa estaria sendo agredido pelos travestis. Em dado momento, uma das travestis e o homem trocaram socos.

O advogado estava com um facão na mão, que foi tomado por um dos policiais que atendiam a ocorrência. Depois, o homem de 38 anos deu socos na travesti, que revidou com uma cadeirada. Com os ânimos mais calmos, E.P.B. contou que solicitou os serviços de uma travesti e que entraram em desacordo após ele dizer que os dois seguiriam para Chapada dos Guimarães.

A travesti que estava com o acusado então pegou um facão, que já estaria dentro do veículo. O casal relata ainda que tentou sair do carro e, neste momento, a esposa do advogado percebeu que havia sido cortada no braço.

Porém, a travesti relatou que após o casal relatar que pretendia ir para outra cidade, disse que não fazia o serviço em outro município e que teria sido impedida de descer do veículo. Ela conta ainda que a esposa do advogado teria pego o facão e ameaçado-a. Quando conseguiu sair, encontrou uma colega que a ajudou.

O advogado relatou que as travestis agrediram sua esposa com tapas e puxões de cabelo, antes da chegada dos policiais. Diante dos fatos, foram todos conduzidos para a Central de Flagrantes.